The Journal

Shoe Business Pt. 10

The very lovely Maria Antónia Alves is one of our warehouse clerks, and is the first point of call as soon as we receive an order, she looks at all the leathers needed to bring the final result to life and passes on this recipe to the rest of the team. Discover her shoe story below…

How long have you worked with shoes?

I’ve been working with shoes for 22 years. I was born in Brazil, but my parents are from a town near São João da Madeira. When we decided to come back to Portugal, all the jobs here were in the shoe business and because my mom was working in the workshop owner’s house, I started working in the workshop. My role is to deal with all the orders and all the products’ shipping. What I like the most about my job is receiving the orders from the clients and translating it into our system. I really enjoy seeing what the clients are ordering and what the trends are.

Trabalho com sapatos há 22 anos, sempre trabalhei com sapatos. Nasci no Brasil, mas os meus pais são portugueses, aqui da zona. Quando voltámos do Brasil, não havia produção de muitas mais coisas aqui na zona sem ser sapatos, como a minha mãe trabalhava na casa do dono da fábrica e foi por intermédio que comecei a trabalhar na fábrica. A minha função consiste em receber todas as encomendas e de todas as saídas de produto. O que gosto mais de fazer é receber as encomendas dos clientes, transformá-las e inserir no sistema para produção. Gosto muito de observar o que foi vendido.

Most difficult part of the job?

In this case it is because it is a very diversified work, it’s a lot of work to create all the models and you need to have great attention to detail.

Neste caso é o facto de ser um trabalho muito diversificado, dá um certo trabalho criar todos os modelos, é preciso muita atenção ao detalhe. 

What is your most memorable Undandy shoe? 

It’s very entertaining to work with Undandy, because the client’s orders don’t follow a pattern, they are not predictable. It’s really interesting to see how people imagine their shoes, the colour combination, things I would never imagine. When the orders arrive, I see them and I think that they will look really weird, but in the end they look amazing almost always. I find it very interesting to see the unlikely happen. Undandy brought a lot of fun to the equation, for instance with the sole engravings people get really creative. I really enjoy the diversity, we can’t even imagine all the possibilities, there are so many varied designs. Our clients’ creativity is really impressive! 

It’s really funny because sometimes the production colleagues come upstairs and ask me is this shoe really like this? Is this a mistake? In the beginning this would happen often, nowadays they are more used to it and already expect the unconventional designs. Undandy always makes up for a good conversation topic on the workshop floor. 

No caso da Undandy é muito engraçado pois as encomendas dos clientes não seguem um padrão, não é previsível. É interessante ver a imaginação das pessoas, as combinações de cores, coisas que nunca imaginaria. No inicio vejo a encomenda e penso como vão ficar estranhos os sapatos, mas no final sai um resultado quase sempre muito bonito. Acho muito interessante ver o improvável. A Undandy veio trazer muita diversão, por exemplo as gravações nas solas, há pessoas muito originais, às vezes até originais de mais! Gosto muito da diversidade, nem imaginamos todas as possibilidades, existem tantos designs diferentes, a criatividade dos clientes Undandy é mesmo impressionante!

É muito engraçado porque às vezes os colegas da produção vêm cá acima e perguntam-me este sapato é assim mesmo? Não é um erro? Acham muito estranho, agora já estão mais acostumados, já não estranham muito, mas no inicio vinham sempre confirmar. Veio também criar uma nova interação entre os trabalhadores, a Undandy é sempre um bom tópico de conversa.

 31 by Cerrone

Life philosophy?

To live life day by day, not living with the mind on tomorrow, but for today and to be happy. The most important thing is not to think about what was left behind, only focus on today.

Viver o meu dia a dia, não viver para amanhã, mas sim para hoje e ser feliz. O mais importante é não pensar muito no amanhã e não focar muito no que ficou para trás, só no dia de hoje. 

Want to become a fellow cobbler? Create your own pair of shoes here.


Just remember gents to design responsibly.